quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Para toda carta de amor escrita, existe outra se queimando em algum lugar.

DdG

Nenhum comentário: