quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Esforço em vão

A cada dia que passa se torna mais difícil se manter firme com seus valores. Fazer certo te prejudica, fazer errado é fazer com a maioria. Falar a verdade te torna uma pessoa ruim ao contrário do outro que mente sobre aquilo que você foi sincero e se deu bem.

O valor da realidade não importa mais. O que importa é o quão bem você mascara um problema, a sua capacidade de contornar situações sem resolvê-los e se possível transferindo a culpa pra outro pessoa.

Se você assume um erro para alguém, essa pessoa usa isso para ficar acima de você, quando na realidade ela também já cometeu aquele erro, mas como não te contou, ela não fez. E você é inferiorizado ao invés de se beneficiar pela sua sinceridade, sua hombridade.

Essas relações de disputa estão no trabalho, nas amizades e até nos casamentos, como um jogo de quem está por cima na relação.

Ao invés da pessoa se orgulhar do quanto doa de si para o outro, ela se orgulha quando consegue fazer com que o outro tenha medo de perdê-la, ou seja, mantém a pessoa por perto manipulando suas deficiências, suas fragilidades, suas necessidades e não pelo bem que faz a ela, pelo que faz além.

E essa é uma constatação que me faz acreditar que tentar ser um homem bom para as pessoas e nas coisas que faço, nunca me trouxe benefício algum.