quarta-feira, 6 de março de 2013

Exceções


Ser ou viver uma exceção é praticamente uma predestinação, pois não dá para imaginar a sua causa já que ela está fora do padrão que conhecemos.

Tem gente magra que morre de enfarte, gordinhos que correm muito sem se cansar, gente que fuma há 20 anos e não tem uma manchinha no pulmão e aqueles que morrem de câncer sem nunca ter fumado um cigarro.

Seria bom se todo mundo vivesse a boa exceção, mas não dá pra escolher. Acho que as exceções estão por aí justamente para contradizer o padrão, equilibrar os sentimentos, botar as pessoas para pensar, sentir e mudar.

As exceções transportam os ortodoxos à ignorância e os ingênuos à promotoria. Quem não aceita a exceção, acaba se tornando uma, pois quem não evolui, é uma exceção. Estamos aqui para mudar e a vida sempre nos dá as ferramentas.

É estranho quando fazemos tudo certinho e o resultado é diferente do planejado, ficamos sem chão, sem saber realmente como prosseguir e que decisões tomar. Mas isso é outra exceção, daquelas que nos mantém vivos para perseverar.

Nem todo mundo que trabalha muito fica rico, nem todo mundo fica rico trabalhando. Nem toda boa intenção gera um bom resultado, nem todo esforço vai ser reconhecido. Mas haverá um dia em que terá de volta aquilo que plantou, e nisso, muitos irão te invejar achando que você não mereceu, pois não sabem do seu passado, mas ser uma exceção é assim mesmo, aceitando o que a vida proporciona para quando menos esperar, receber um belo presente.